Podcasts

Quinze curas anglo-saxônicas para problemas médicos menores

Quinze curas anglo-saxônicas para problemas médicos menores

Como as pessoas da Inglaterra anglo-saxônica trataram uma dor de cabeça ou indigestão? Aqui estão quinze curas para pequenas doenças do Lacucgna, que incluem o que fazer se sua unha cair e como Jesus Cristo curou a dor de dente de Pedro.

Recentemente, pesquisadores no Reino Unido descobriram que um remédio anglo-saxão para infecções oculares é eficaz contra a bactéria Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) - o que despertou interesse nas possibilidades de curas medievais para a medicina moderna.

Existem apenas alguns livros médicos da Inglaterra anglo-saxã que tratam da medicina - um deles é chamado de Lacnunga, que significa "remédios" em inglês antigo. O texto, que se encontra no manuscrito Harley 585 que se encontra na Biblioteca Britânica, foi escrito no final do século X ou início do século XI. Escrito principalmente em inglês antigo, mas também com algum latim e irlandês antigo, ele oferece uma ampla variedade de curas para dezenas de problemas médicos para pessoas e, em alguns casos, para animais. A maioria dos remédios são simples pomadas ou bebidas feitas de alguns ingredientes, enquanto em outros casos o Lacnunga oferece uma oração ou canto que vai devolver a saúde.

Aqui estão quinze curas do Lacnunga:

1) Para dor de cabeça: libra raiz de beterraba com mel; coar, colocar o suco no nariz; deite-o com o rosto para cima em direção ao sol e penda para baixo até que o cérebro seja alcançado; antes disso, deixe-o ter manteiga ou óleo na boca; em seguida, sente-o ereto; então deixe-o inclinar-se para frente; deixe o muco fluir do nariz; faça isso com frequência até que esteja limpo.

2) Um escravo ocular: pegue a parte inferior do morango e da pimenta; coloque em um pano, embrulhe; coloque-o em vinho adoçado; pingar uma gota do pano em cada olho.

3) Para tosse: pegue mel ‘corra’ e sementes de aipo selvagem e sementes de endro; triturar a semente finamente; misture bem com o mel e apimente bem; tome três colheradas em jejum.

4) No caso de um homem ou animal beber um inseto, se for macho, cante esta canção que está escrita a seguir no ouvido direito; se for mulher cante no ouvido esquerdo:

Gomomil orgomil marbumil marbsai ramum tofeð tengo docuillo biran cuiðœr cæfmiil scuiht cuillo scuiht cuib duill marbsiramum.

Cante este encantamento nove vezes no ouvido e o Pai Nosso uma vez.

5) Para diarréia: pegue um ovo de galinha; coloque no vinagre por duas noites; se não estiver rachado, bata um pouco; deite novamente no vinagre por uma noite; em seguida, bata na manteiga; colocar em óleo; depois coloque no fogo um pouco, dê para comer.

6) Para tonturas: coma arruda e sálvia e erva-doce e hera moída, betônia e lírio; triture todas essas plantas juntas; coloque-os em uma bolsa; molhe com água, esfregue vigorosamente; deixe-o escorrer para um recipiente; pegue o líquido, aqueça-o e lave a cabeça com ele; faça-o com a freqüência necessária.

7) Para piolhos, pomada: erva-doce de porco, pé-de-galinha com folhas de aipo, rabanete, absinto, uma quantidade igual de todos estes; triture até formar um pó, amasse com óleo; unja todo o corpo com ele.

8) Se um prego caiu da mão: pegue os grãos de trigo, triture; misture com mel; coloque no dedo; ferver a casca de abrunheiro; lave com o líquido.

9) No caso de uma mulher ficar muda de repente: pegue poejo e moa até virar pó e embrulhe em lã; coloque-o sob a mulher; ela logo ficará melhor.

10) Para indigestão: deixe o centauro comum ser tomado; seque até virar pó, polvilhe em cerveja ou em qualquer coisa que você queira beber; você vai ficar bem.

11) Caso a pessoa não consiga dormir: pegue o caroço do meimendro e o suco da hortelã, mexa e unte a cabeça com ele; ele vai ficar melhor.

12) Para a dor dos dentes: Cristo sentou-se sobre uma pedra de mármore; Pedro ficou triste diante dele, levando a mão ao queixo, e o Senhor o questionou, dizendo: “Por que você está triste, Pedro?”

Pedro respondeu e disse: "Senhor, meus dentes doem."

E o Senhor disse: “Eu vos conjuro enxaqueca ou gota maligna pelo Pai e pelo Filho e pelo Espírito Santo e pelo céu e pela terra e pelas vinte ordens de anjos e pelos sessenta profetas e pelos doze apóstolos e pelos quatro evangelistas e por todos os santos que agradaram a Deus desde o princípio do mundo, que o diabo não pode fazer mal a ele, o servo de Deus, nem nos dentes, nem nas orelhas, nem no palato, nem quebrar seus ossos, nem mastigar sua carne, para que você não tenha nenhum poder para machucá-lo, nem dormindo, nem acordando, nem você pode tocá-lo por sessenta anos e um dia. ”

Rex pax nax em Cristo o Filho. Um homem. Nosso pai.

13) Se uma pessoa coça a barriga: a planta é chamada de gullac (confrei); desenterrar raízes, fazer pó, tomar uma boa colherada, uma casca de ovo cheia de vinho ou de boa cerveja, e mel; dar para beber de manhã cedo.

14) Escreva ao longo dos braços para febre:

+ T + ωA. E esmague celidônia maior em cerveja: São Machutus. São Vitorico.

15) Se a hemorróida estiver situada na garupa de uma pessoa: pegue raízes de cravo-da-índia, a maior, três ou quatro, e fume-as em brasas quentes e, em seguida, retire a que você escolheu usar da lareira e triture-a e faça-a como um pequeno bolo, e aplique na alcatra o mais quente que puder suportar, quando o bolo esfriar, então faça mais e aplique na alcatra, e esteja em resposta por um ou dois dias; quando você fizer isso - é prática médica comprovada - as raízes não devem ser cavadas com instrumento de ferro, e não as lave com água, mas deixe-as ser enxugadas com pano limpo; e coloque um pano bem fino entre a alcatra e o bolo.

Você pode ler essas e mais curas em Remédios, amuletos e orações anglo-saxões da Biblioteca Britânica MS Harley 585: O Lacnunga, editado e traduzido por Edward Pettit e publicado em dois volumes pela Edwin Mellen Press. .

A British Library digitalizou o manuscrito Harley 585 e você pode leia o texto aqui.

Veja também:Curas medievais do alfabeto de Galeno

* Observe que esses remédios médicos são destinados apenas para análise histórica - não tente essas curas

Imagem superior: British Library MS Harley 585


Assista o vídeo: América Anglo-saxônica e Latina. América do Norte, Central e do Sul. Você conhece as diferenças? (Dezembro 2021).